A arte do broche

O primeiro broche demorou.

Ela tinha um ar deliciosamente perverso, de quem já tinha feito muito mais do que aparentava, mas nos primeiros tempos não permitia avanços.

Era doloroso porque ela falava e eu só imaginava os lábios em redor da glande, com a língua bem rugosa a antecipar a entrada da pila pela boca dentro.

Mas não. Foi preciso escalar aquele corpo, algumas saídas e lamber-lhe muitas vezes a cona, deixando-a vir-se na ponta da língua, antes de chupar como prometia.

E não foi em vão.

O primeiro broche foi apenas para endurecer o pau antes de uma foda, mas seguiram-se muitos outros exclusivos.

É uma loucura senti-la ao acordar a chupar até me vir na boca, de quatro na cama a dar a boca como se fosse a cona ou então completamente submissa, ajoelhada já com as mamas a saltarem do vestido, enquanto come o pau com vontade, segurando nas bolas cheias de esperma e deixando por vezes escorregar um dedo até ao ânus.

Nesses momentos apenas é possível imaginar os broches que já fez a outros, que assim trataram a minha mulher como uma autêntica puta. Ao pensar nisso excito-me cada vez mais e mais... e quando ela leva a pila até à garganta e pede para sentir mais esperma acabo por explodir de prazer, esvaziando tudo naquela boca quente, húmida e sempre disponível para um broche inesquecível... uma arte só inteiramente aprendida após muita e diversificada prática.






10 Responses to A arte do broche

Os Cereja disse...

Pela descrição e pelas fotos..
Ficámos os dois com água na boca!!!
Beijos
Os Cereja

fabio santos disse...

esta boca devia ir para um museu!!!

H disse...

depois de ler o relato e ver as fotos fiquei com vontade de ser chupado por essa boca gulosa!!

Anónimo disse...

Não podia ter um corpo melhor,vaca puta que so de olhar já da vontade foder e o pau fica duro,acredito que e uma gulosa a mamar um pau e brutal o dedo enfiado no cu ate ele se esporrar

Tuga disse...

Quantas vezes já a imaginei a mamar aqui no meu... hummm!

vacil silva disse...

assim vale a pena viver, com quem é capaz de dar tal estimulo e extase. belo broche

bomamigo disse...

Um broche pleno de tesão... :)

Mestre Splinter disse...

hhummmm...sardas...adoro...
Caso não soubesse, quase diria que parecia que estava a mamar o meu caralho, pelas semelhanças do mesmo...
Pena que nunca mamou o meu...

Ricardo-DF quero casais disse...

PROCURA-SE MULHER DE CORNO GRÁVIDA - CUCKOLD - CREAMPIE - REAL SEX


>>> fudedor.de.esposas.df@hotmail.com
>>> (61) 8456-6055 Operadora OI.
>>> (61) 9285-0356 Operadora CLARO.

>> Me chamo Ricardo agora estou morando no Recanto das Emas, Brasília-DF sou comedor de esposinhas. Adoro comer as esposinhas de meus amigos na frente deles.

>>> Procuro casais liberais, casadas, noivas, namoradas e solteiras, grávidas, gringas, ananzinhas.

Adoro gozar dentro da boca das casadas e mandar o corno limpar tudinho, mas se meu novo amigo curtir só observar eu metendo na sua linda esposinha tudo bem. Tenho 35 anos, 1,72m de altura, 76kg, moreno claro. Qualquer casal que curta entre em contato comigo.

>>>>>> OBS.: Favor não fiquem mandando mensagens para o meu celular, se quiserem me liguem pois sou comedor de esposinhas e não mensageiro. Curto sexo real sou comedor nato.

Anónimo disse...

O que mais acho excitante, quando eu e minha esposa fazemos menage/masc, é justamente os primeiros beijos entre ela e o cara.
Ver minha esposa caindo de boca no pauzão (Ela só curte dotados) do macho que ela mesma escolheu e depois ganhar um beijo dela, é o que mais me deixa excitado...

Leave a Reply

Com tecnologia do Blogger.